Rua Dr. Romualdo, 342 - São Mateus | Juiz de Fora, MG

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Spotify

CONCURSO PARA UMA ESCOLA EM MALAWI

 

Projeto realizado em parceria com Daniel Dorneles

Localizada em Benga, Malawi, a proposta para a escola secundária se desenvolve a partir de dois eixos; um transversal, essência do projeto, característico por funcionar como acesso à escola, espaço multiuso e eixo de ligação para os demais locais. Esse recinto entre volumes tem como característica principal sua indefinição, espaço esse sem nome, que deve ser preenchido a partir dos usos pela escola (arte, dança, brincadeiras e etc.). Já o eixo longitudinal, volume que a primeira vista se desdobra como um pavilhão onde quartos e salas protegem seu interior, se caracteriza por transpassar certa imponência e proteção pela presença de um volume “opaco” que marca a fachada da escola. Apesar dessa característica, ao entrar no espaço os ambientes desenvolvidos em seu núcleo amparam e abrigam os alunos; a disposição das salas criam espaços que convidam os usuários a se utilizarem desses recintos, preservando a essência da escola em seu interior.
A partir da criação dos dois eixos principais os outros volumes vão sendo implantados contornando as árvores, afim de manter esses espaços naturais de sombra e permanência. Curral, casas, banheiros e expansão foram pensados afim de criar espaços de trocas entre alunos, professores e famílias, gerando um sentido de comunidade com o todo, aumentando a noção de proteção do espaço. Um ponto chave para essa ligação é a horta; localizada entre a escola e as casas dos professores, ela configura certos limite, mas ao invés de se desenvolver como uma barreira, se torna ponto de união da comunidade a partir do momento que alunos e famílias irão se utilizar do espaço.
Para Louis Kahn, ”...as escolas começaram com um homem, que não sabia que era professor, discutindo suas percepções debaixo de uma árvore com uns poucos que não sabiam que era alunos”. Ele nos mostra que todos os locais da escola são extremamente importantes para a formação do estudante, por isso, corredores, pátios e moradias são também locais de trocas de experiencias e aprendizados e devem se desenvolver com a mesma importância que as salas.
Educação é um direito fundamental de todos os cidadãos, ela não só ajuda no desenvolvimento do local e do país, mas como de cada ser, enriquecendo-o socialmente e culturalmente enquanto o próprio adquire conhecimento.
Educação não transforma o mundo, segundo Paulo Freire, ela muda pessoa, as pessoas que transformam o mundo. Levar conhecimento e facilidade ao acesso a educação pode transformar o mundo deles e dar possibilidades de melhorar suas vidas. Essa é nossa missão.

Local:

Juiz de Fora - MG

Ano:

2019