Rua Dr. Romualdo, 342 - São Mateus | Juiz de Fora, MG

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook
  • Preto Ícone Pinterest
  • Preto Ícone Spotify

 LOJA ALIMENTAR

Localizada no Centro da cidade de Juiz de Fora, a loja Alimentar tem o objetivo de oferecer ao consumidor duas vertentes de produtos alimentares: a primeira, com artigos de nutrição enteral voltado para o ramo hospitalar, e a segunda com produtos de alimentação natural, voltados para o grande público da região.

O projeto arquitetônico partiu da percepção desses dois mercados distintos mas integrados no mesmo espaço físico. Na parte inicial da loja, voltada aos produtos hospitalares, a proposta é  um verdadeiro “mergulho” no branco, onde expositores e revestimentos claros foram escolhidos para recriar a atmosfera médica. Ao cruzar esse espaço o usuário imerge em uma “caixa” de madeira não ortogonal, que o convida ao aconchego e ao retorno das nossas raízes, do que é natural, essência duradoura. Utilizando o compensado naval para a criação dessa “caixa”, procurou-se valorizar os materiais na forma como são, na sua verdade, refletindo assim na experiência do usuário.

Pensou-se na loja como um conjunto de unidades, cuidando de cada parede, cada detalhe, a fim de criar características únicas para os espaços. Todos os móveis em marcenaria e serralheria foram desenhados pelos arquitetos, incluindo o painel de azulejos que completa a área dominada pela madeira, enaltecendo-o devido ao contraste conferido entre os materiais.  Esse design foi criado exclusivamente para o projeto, com adesivos produzidos e fixados em cada um dos azulejos brancos, esculturando um mosaico único e pessoal, formando um painel artístico com as cores da empresa.

O Ateliê teve como inspiração o repensar\criar\inovar diante de materiais não convencionais, para uma arquitetura distinta, artística e própria. Além do uso do compensado como revestimento de paredes e teto, o expositor frontal e a luminária ganham força no ambiente. A partir da utilização de perfis “u” enrijecidos que permitem o encaixe de prateleiras e o uso de fitas de LED em seu interior, esses elementos ganham um design ramificado e destaque no contexto geral da loja.

A sobreloja concentra as áreas privadas – copa, sala de reunião, escritório, lavabo e depósito –, nela foi utilizado os mesmos tons e materiais encontrados no primeiro pavimento, seja pelas cores, madeira e metal. A pedido do cliente esse espaço deveria ser moldável a diferentes funções e necessidades, deste modo, a criação de dois ambientes separados por portas de correr permite que eles possam ser unidos ou separados por esses planos, gerando dinâmicas de apropriação do espaço pelos usuários.

Publicações:

Archdaily

Archdaily Brasil

Galeria da Arquitetura

AECcafé

 

Local: Juiz de Fora - MG

Projeto: 2017

Conclusão2018

Foto: Bruno Meneghitti